Automação2018-02-14T09:30:48+00:00

“A primeira regra de qualquer tecnologia usada em um negócio é que a automação aplicada em uma operação eficiente irá aumentar a eficiência. A segunda é que a automação aplicada em uma operação ineficiente irá aumentar a ineficiência.” – Bill Gates, Fundador da Microsoft.

Aautomação é o processo capaz de tornar qualquer tarefa manualmente executada a um modo automático. Você já deve ter se perguntado se existem outras maneiras de executar alguma atividade, a verdade é que, na prática, realizar manualmente qualquer tarefa é perder uma oportunidade de economizar em tempo e ganhar em produtividade.

Os benefícios da automatização

A economia de tempo é consequência do trabalho através da automatização de processos manuais, alcançando no mínimo, 50% mais rapidez na execução. Tarefas que antes duravam 30 minutos, podem chegar a 1 minuto de execução.
Por meio de nossos métodos, se produz cerca de 75% a 100% a mais de velocidade na execução de tarefas do que por qualquer outro procedimento.
Além do ganho de agilidade em realizações, a eficiência é eminente. Todos os processos são testados para que haja grande êxito.
A economia é gerada na automatização de tarefas, visto que, recursos da empresa que fariam isso, iriam dispor do tempo para outras tarefas.

ITIL v3

A eficiência das automatizações feitas pela DUOSHIRO são todas baseadas na metodologia ITIL.

Veja abaixo alguns cases aonde a implementação de um processo automatizado melhorou e muito a performance, a eficiência do processo, estabilizou serviços, reduziu custos, etc.

Uma empresa que atuava no mercado de venda de reservas de hotéis online recebia muitos acessos no seu website em determinadas horas do dia.

Por detrás do website, existia um sistema complexo de banco de dados, API, filas de mensagens,etc. Porém, como o webserver ficava voltado para a internet, ele recebia essa carga e não aguentava.
Por conta disso, o time de infraestrutura precisa entrar em ação rapidamente e subir várias instâncias de servidores durante o período para aguentar a carga e, depois que ela passasse, removesse os servidores extra.

Esse processo demorava cerca de 30 minutos, e se recebesse muito tráfego durante esse tempo, o site ficaria fora do ar e poderia perder muitas reservas. Sem contar que como a infraestrutura era em nuvem, muitas vezes os servidores extras eram esquecidos e ficavam lá consumindo dinheiro que poderiam ser usados em outras áreas.

Quando esse sistema foi automatizado, uma monitoração foi implementada afim de identificar quando o website estaria recebendo muita carga. Então, instâncias pré-configuradas eram lançadas automaticamente até que a carga estivesse estabilizada. Uma instância nova estava no ar para aguentar a carga em menos de 5 minutos. E quando a carga abaixava, o número de instâncias era reduzido automaticamente.

Isso fez com que o sistema chegasse a um nível de estabilidade de quase 100% visto que agora, automaticamente ele se balanceava e aguentava qualquer carga. Também houve economia de recursos e o time de infraestrutura não precisava mais se preocupar com os servidores extras e tinham tempo de se focar em outras tarefas.

Tempo pré-automação: 30 minutos por servidor
Tempo pós-automação: 5 minutos por servidor
Uma economia de 83% de tempo, liberação de tempo para o time de infraestrutura e estabilidade do serviço.
Certa empresa tinha um processo complexo para “empacotamento digital” de cursos. Além dos arquivos de vídeo, audio, textos, etc, existia passos no procedimento de implementação nos sistemas de aprendizagem (LMS) que necessitava que o implementador gerasse manualmente os arquivos de descrição, configuração e fizesse todo o processo de cópia de arquivos entre os servidores. Cada curso tinha uma duração de deploys de 20 a 35 minutos, ou seja, quase 14 cursos por dia.

Quando a automação foi aplicada ao processo, foi criado rotinas de sistema que automaticamente criava as configurações e descrições do curso e fazia todo o procedimento de envio dos arquivos para os servidores corretos. Isso fez com que cada deploy caísse para 2 minutos, ou seja, invéz de 14 cursos por dia, agora a empresa liberava até 240 cursos por dia.

Quantidade de cursos por dia pré-automação: 14 cursos por dia
Quantidade de cursos por dia pós-automação: 240 cursos por dia
Um aumento de produção de 94% na produção, aumentando as possibilidade de mais ganhos.
Startups em crescimento dependem muito de logs para gerar relatórios e uma empresa gerava esses relatórios manualmente indo em muitos logs e pegando dados para montar o relatório. Isso demorava até dias para ter esse relatório pronto.

Após aplicado um processo automatizado, foi implementada uma solução que recebia esse montante de logs e gerava relatórios precisos com todas as informações e várias áreas daquela empresa conseguiam acessar esse relatório.

Com isso, a empresa começou a ver aonde existia problemas nas vendas, disponibilidade de produto e tudo mais.

Horas para gerar relatório pré-automação: 24 horas para gerar relatório
Quantidade de cursos por dia pós-automação: 1 horas para gerar um relatório
Um redução de 95% no tempo de geração de relatório, liberando muito tempo do recurso utilizado e melhorando as vendas da empresa.